Logo mundo invest

O que é Buy and Hold?

Voltar

Lucas Ricciotti
por Lucas Ricciotti

Assessor de Investimentos

Ações
Investimentos
Curiosidades

O que é Buy and Hold?

Se você investe ou pelo menos já ouviu falar de mercado financeiro, é muito provável que já tenha ouvido falar do famoso termo BUY AND HOLD. No mercado financeiro, existem várias metodologias de investimentos, e isso não quer dizer que uma é necessariamente melhor do que a outra, mas sim que visam objetivos diferentes, principalmente no fator prazo.

Mas afinal, o que é o tal do Buy And Hold

Se traduzido do inglês, no famoso “pé da letra”, essa estratégia significa nada mais do que “comprar e segurar”. Em palavras mais simples, o buy & hold significa investir em boas empresas e permanecer sócio delas enquanto elas forem boas, independentemente do valor das cotações.

o que é buy and hold

Como funciona na prática?

Na prática, essa estratégia passa por alguns pontos antes de ser executada, afinal, por ser um ativo que a idéia é carregar realmente para o longo prazo, tem que ser muito bem analisado e passar por diversos filtros: 

  • O comprador (holder) define os critérios e fundamentos que vai utilizar nessa estratégia (análise fundamentalista, gosto pela empresa, acreditar no projeto da empresa, etc);
  • Compra do ativo e adequação proporcional do mesmo dentro da sua carteira de investimentos e o seu perfil de investidor;
  • Monitorar o ativo e rebalancear o tamanho da posição que esse ativo compõe dentro da carteira no longo prazo.

Nesse tipo de estratégia, a ideia é que o investidor não se preocupe com a queda e a volatilidade do tal ativo no período de curto prazo, e sim, prezar sempre pelo acúmulo dos juros compostos e valorização do preço da cota da empresa no longo prazo.

Com quais ativos posso fazer buy and hold?

De maneira geral, o buy and hold pode ser aplicado a todos os ativos que não tem prazo para terminar e tenham liquidez no longo prazo, sendo esses: 

  • Títulos de longo prazo;
  • Ações;
  • Fundos Imobiliários (FIIs);
  • ETFs.

Um exemplo claro pode ser visto na conhecida empresa VALE S.A., que tem seu ticker (nome do ativo negociado em bolsa) de VALE3. Suponhamos que um investidor tivesse comprado tal ativo em sua data de IPO no lançamento da empresa na bolsa de valores. 

Buy and hold

Quando lançada na bolsa em 1994, a empresa tinha um preço por papel de incríveis R$0,19. Em sua maior alta (28 anos depois), a empresa chegou a valer R$107,11 por cada um dos papéis. Isso significa que aquele investidor que comprou esse papel em 1994 por um preço de apenas alguns centavos, teria um ganho acumulado hoje de 56.277% por ativo, caso não tenha encerrado sua posição nesse meio tempo. Isso sim é um baita BUY N HOLD!!

Disclaimer: ISSO NÃO É UMA RECOMENDAÇÃO DE COMPRA! 

Vantagens e desvantagens do Buy and Hold

Existem algumas vantagens na estratégia de Buy and Hold. Uma das grandes vantagens dessa estratégia é o fato de que no curto prazo, você apenas necessita escolher um ótimo ativo e montar uma carteira consolidada com foco total no longo prazo. Após as escolhas, não é necessário fazer grandes alocações nessa carteira e se preocupar com as oscilações e variações das cotas no curto prazo, afinal você acredita na valorização a longo prazo por causa dos projetos e saúde financeira das companhias que você investiu.

Essa estratégia também torna menos provável que você tome decisões inoportunas e baseadas em suas emoções, que também flutuam assim como o mercado. Em segundo lugar, como a tendência é manter os ativos na carteira, haverá menos transações. 

 

 Warren Buffett 

Warren Edward Buffett é um investidor americano e o principal acionista (até mesmo parte do conselho executivo) da Berkshire Hathaway. Está na lista de uma das pessoas mais ricas do mundo e foi responsável por desenvolver e mostrar ao público a eficiência da estratégia do Buy n Hold. Com apenas 10 anos de idade, Buffett aproveitou a visita e comprou algumas ações que ele guardou para ele mesmo e outras que cedeu a uma de suas irmãs. Para ter ideia, somente no período em que Buffett saiu do colégio, ele já contava com uma quantia de mais de US$ 90 mil.

Investimento com mentalidade de sócio

A ideia desta estratégia é ter uma mentalidade de sócio, pensar como dono da empresa. Essa mentalidade ajuda o investidor a segurar as ações e a escolher apenas aquelas que têm boas perspectivas para o longo prazo. Ao escolher uma ação, você precisa pensar com a mesma lógica que usaria para se tornar sócio de qualquer outro empreendimento, seja ele um restaurante na sua cidade ou uma empresa listada na B3.

Vale a pena investir? Quais são as pretensões para o futuro? Você confia na empresa? 

Então, ao olhar para uma ação, pense como sócio, não como especulador.

Lucas Ricciotti

Fale com o Lucas

Assessor de Investimentos

Economista em formação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Com apenas 18 anos, Lucas é um apaixonado pelo mercado financeiro e desde muito novo estuda e se aprofunda sobre o assunto. Começou no mercado fazendo pequenas operações de maneira autônoma e teve uma breve passagem pelo mercado em outras áreas. Hoje, se juntou a EWZ Capital | BTG Pactual, integrando o time do maior banco de Investimentos da América Latina.

CNPJ 31.630.299/0001-91