Logo mundo invest

Como se proteger da inflação?

Voltar

por Bruno Destri Coelho

Criador de Conteúdo | Assessor de Investimentos

Investimentos
Curiosidades
Internacional
Criptoativos

Entenda como se proteger da inflação

A inflação é caracterizada pelo aumento contínuo de preços. Existem 2 principais motivos para que a inflação ocorra, um deles é a diferenciação entre oferta x demanda (no qual provoca uma inflação temporária) e o aumento da oferta monetária (inflação praticamente irreversível). Em suma, o dinheiro perde valor, ou seja, o que você comprava com R$100 não poderá mais ser comprado no futuro.

Nós brasileiros temos um legado muito atribulado no que tange a inflação. Antes do plano Real, chegamos a registrar uma inflação mensal de 82%! Exemplificando, se você tivesse um salário de R$1.000, ao final do mês o seu poder de compra se reduziria a R$180. Loucura não é mesmo? 

Trouxe um gráfico da variação do IPCA (índice de preços ao consumidor amplo) para ilustrar melhor como a inflação era algo assustador:

como se proteger da inflação

Desse modo, com a chegada do plano Real, o problema da inflação controlou-se após a utilização de uma série de mecanismos de política monetária para controlar principalmente a emissão de dinheiro.

Contudo, após um vasto período de uma inflação relativamente controlada, hoje a inflação volta a surpreender com altos índices. Depois do início da pandemia de Covid-19, a estratégia da maioria dos governos foi expandir ainda mais a oferta de moeda em circulação, com injeções tanto diretas e indiretas de dinheiro na economia. 

No Brasil, nós tivemos o auxílio emergencial e também a diminuição da taxa Selic pelo Banco Central. Gostaria de ressaltar que o objetivo desse blog não é julgar se as medidas foram corretas ou erradas e sim demonstrar como todas as decisões possuem tanto um reflexo positivo quanto negativo.

Desse modo, os principais impactos dessa expansão de oferta monetária estão sendo sentidos no bolso de todos os consumidores brasileiros, principalmente para quem possui uma menor renda.

Mas a grande questão é: como se proteger da inflação? Existem diversas maneiras de se proteger em meio ao caos da inflação, trouxe 3 opções que variam conforme o seu perfil de investidor.

1ª Opção (Conservadora)

Uma maneira segura para se proteger da inflação encontra-se principalmente na Renda Fixa. Existe uma infinidade de títulos que possuem sua rentabilidade atrelada à inflação, esses são os títulos denominados de pós-fixados (possuem referência em alguma taxa ou índice) ou híbridos (aqueles que possuem uma taxa fixa e outra variável). Trouxe aqui um exemplo (NÃO É UMA RECOMENDAÇÃO) de um CDB híbrido que paga IPCA+6%, ou seja a rentabilidade real do investimento é de 6%!

 

Como se proteger da inflação

2ª Opção (Moderada)

Outra maneira muito inteligente de se proteger da inflação no Brasil é diversificar seus investimentos no exterior. Além de expor seu patrimônio a moedas mais fortes (Euro ou dólar), você estará investindo nas maiores economias do mundo. Os BDR’s, fundos de investimento no exterior, ou abrir uma conta no exterior são algumas maneiras para você comprar ativos internacionais. 

Caso queira se aprofundar mais no assunto, vou deixar aqui nosso ebook exclusivo: Como investir no exterior.

3ª Opção (Arrojada)

A maneira mais arrojada de todas são as criptomoedas. Pelo fato de serem desvinculadas com qualquer governo, ao longo dos últimos tempos elas vêm se mostrando um ativo interessante para a reserva de valor. Contudo, é preciso ficar muito atento para qual cripto ativo você irá investir, visto que existem diversas moedas que não possuem nenhum fundamento e podem se tornar uma verdadeira furada. 

Você pode comprar diretamente criptomoedas através de plataformas dedicadas a essa função, ou existem alguns ETF’s disponíveis que possuem exposição a diversas criptos. Um exemplo é o HASH11 que possui a seguinte composição: 63% em Bitcoin, 31% em Ethereum e os outros 6% em cripto ativos menores (Litecoin, Flicoin, Uniswap, entre outras).

Em resumo

Não existe uma fórmula mágica para se proteger da inflação, existe a forma que é ideal para seu perfil de investidor! Desse modo, caso queira entender melhor o seu perfil ou até mesmo conversar sobre o tema me coloco à disposição. Basta clicar na caixa logo abaixo em “fale com o autor” que logo responderei sua mensagem.

Bons investimentos

Bruno

Fale com o Bruno

Criador de Conteúdo | Assessor de Investimentos

Economista em formação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Hoje com 21 anos, Bruno é um dos criadores de conteúdo da equipe do Mundo Invest. Ele é responsável pela elaboração de posts para nosso Instagram, como também pela criação dos ebooks e blogs da nossa plataforma.

CNPJ 31.630.299/0001-91