7 Dicas Para Se Tornar Um Milionário

Your work is going to fill a large part of your life, and the only way to be truly satisfied is to do what you believe is great work. And the only way to do great work is to love what you do. If you haven’t found it yet, keep looking. Don’t settle. As with all matters of the heart, you’ll know when you find it.

Quer se tornar um milionário?
Então essas dicas são para você!

Tornar-se um milionário é um objetivo para se acumular uma grande quantia de dinheiro, mas você não precisa dar grandes passos para chegar lá. Para Victor Mouadeb, assessor de investimentos da EWZ Capital, alcançar esse marco um dia é formular objetivos realistas, como por exemplo salvar metade do seu bônus anual ou até mudar o seu plano na sua operadora.

Tudo acaba voltando para os seus hábitos financeiros. Se você recebe um bônus no final do ano, um 13°, ou tem contas altas para serem pagas, está mais do que na hora dessa pessoa se organizar financeiramente para conseguir ser um milionário. Não precisa ter um alto salário ou já ter muito dinheiro guardo. Precisa de disciplina, organização e fazer o seu dinheiro trabalhar para você.

Seguindo essa linha, nós vamos apresentar os seguintes tópicos a serem debatidos:

  • Disciplina: Para cumprir com as suas metas, deve poupar o que deve.
  • Organização: Entender onde e como gastar o seu dinheiro, mas que no fim, sobre o suficiente para alcançar o seu objetivo.
  • Informação: Quais são os produtos financeiros que vão te ajudar a alcançar os seus resultados.

1. Pague ai próprio antes de pagar os outros.

Esse tópico é o mais importante, pois é com ele que você vai entender como criar o hábito de poupar dinheiro.

O dinheiro deve ser aplicado nos seus investimentos antes de você ter a chance de gastá-lo, e ter a disciplina para isso vai ajuda-lo a atingir qualquer meta de capital. Dessa forma, você vai evitar gastá-lo em compras por impulso ou em outros bens/serviços que não estavam no seu projeto de vida.

O mais importante é você estar feliz com a vida que leva, e se isso quer dizer que não consegue seguir com o plano financeiro projetado, então você deve sentar novamente e repensar em quais são os seus reais objetivos.

2. Evite taxas sobre o seu dinheiro.

Outro item importante são as populares taxas que são cobradas sobre o seu salário ou sobre as compras que faz durante o mês, pois isso, sempre pense o está realmente pagando.

Algumas vezes, ao adquirir certos bens, tem muitos impostos por trás que acabam não justificando a sua compra. O clássico exemplo é o preço do combustível, em que 32% do preço são impostos. Parece pouca coisa, se pensar que gastou R$ 100,00 para abastecer o seu automóvel e R$ 32,00 de imposto, mas se somarmos todos os impostos embutidos em todos os bens e serviços que consumimos, acaba virando uma grande oportunidade de estar investindo esse dinheiro em alcançar o seu objetivo financeiro.

Além de bens e serviços, também gostamos sempre de falar sobre investimentos. Escolher produtos financeiros não são tão simples se não tiver um bom conhecimento sobre o mercado de capitais. Deve-se sempre levar em conta a alíquotas, como Imposto de Renda, IOF, e outras possíveis taxas embutidas no ativo escolhido. Por isso, é importante estar fazendo as escolhas certas para os seus investimentos sempre com a companhia de um assessor.

Outra dica importante é para as pessoas que estão sob o regime de CLT. Além de ter a oportunidade de juntar mais dinheiro com os seus direitos trabalhistas, como o 13°, nós também sugerimos sempre que der, retirar o seu dinheiro da previdência social e aloca-lo em lugares com a mesma segurança, mas melhores rendimentos.

 

3. Ao investir, escolha investimentos com baixo custo.

Assim como tudo o que fazemos tem um custo, com investimentos não é diferente. Se você quiser investir em ações, existe o custo de corretagem para a sua operação, por exemplo.

O atual cenário indica que títulos de renda fixa atrelados a taxa de juros deixaram de ser um investimento tão atrativo, como o Tesouro Direto. Por conta disso, escolher investimentos que lhe ofereça mais rentabilidade, a um risco semelhante, pode ser uma saída, ainda mais quando o custo das operações caem.

Por conta disso, nós estamos indicando para os investidores olharem com mais atenção para alguns Fundos de Investimento, pois dependendo da taxa de administração, e outras possíveis taxas, pode ser o melhor caminho a ser seguido. Além disso, esse tipo de investimento oferece ampla diversificação, permitindo que você invista em centenas de títulos e ações de uma vez só.

 

4. Fique livre de dívidas.

O fluxo de dinheiro para pagamentos de dívidas e juros podem acabar dificultando muito as suas projeções para ser um milionário. Priorize chegar aos seus saldos para zero, pois as taxas cobradas por dívidas são altíssimas, e poderiam anular os seus ganhos em seus investimentos.

Um dos aspirantes a “Gen X Investor”, um programa americano para futuros americanos, disse “Sair de vez das suas dívidas significa trabalhar em um outro emprego de meio período e não fazer fazer compras com um alto valor nas parcelas. Se tornar um milionário é um desafio, o que significa que precisamos sempre estar trabalhar de forma inteligente para alcançarmos esse nosso objetivo.”

5. Encontre outras fontes de renda.

Ao adicionar um fluxo de renda passivo, como alugar uma casa que está vazia, abrir um pequeno e-commerce ou até mesmo fazer alguns trabalhos como free lancer, pode acelerar ainda mais o seu progresso.

Muitas pessoas dependem apenas de uma fonte de renda: o seu trabalho. Em contraste a isso, o milionário médio tem pelo menos 5 fontes de renda. Esta renda extra pode ser usada para cobrir contas mensais ou reinvestir para acelerar o composto de investimentos.

 

6. Nunca compre um carro novo. E isso é sério!

Financiar a compra de um carro pode deixar você com um custo de oportunidade altíssimo, visto que todo mês você vai pagar parcelas com juros altos. Essas parcelas poderiam estar indo para a sua carteira de investimentos e diminuindo o tempo para alcançar os seus objetivos.

Por isso, mesmo que o carro não seja novo, tome bastante cuidado. Agora quando o carro é zero km, existe também outros custos que inviabilizam a sua aquisição, que é a famosa depreciação. Já ouviu falar de uma história sobre quando você tira um carro novo da concessionário ele já perde 15% do seu valor?

Pois bem, existem muitas perdas ao adquirir um automóvel, por isso, pense bem antes de comprar um. E se for comprar, pense duas vezes ao querer um automóvel novo.

 

7. Faça o seu dinheiro ir além.

Não se contente em chegar a R$ 1.000.000,00.

Quando você chegar nesse montante, pode acontecer de precisar usar uma parte desse dinheiro para algum gasto emergencial. Por isso, nunca coloque como seu objetivo primário 1 milhão de reais, mas sim, como o mínimo que você tem que ter na sua conta.

Além disso, reforçamos o quanto é interessante a diversificação do seu dinheiro entre os mais variados produtos financeiros que estão disponíveis em algumas corretoras. Você não precisa saber tudo sobre o mercado financeiro, e por isso, procure uma assessoria de investimento que vai te ajudar a encontrar os melhores produtos para o seu perfil como investidor.

 

 

Compartilhe isso:
Tags:
Deixe um comentário