Fundo de Ações

Você sabe o que são os Fundos de Investimento de Ações?

O objetivo dessa classe de Fundo de Investimento de Ações é, como o próprio nome já diz, investir no mercado de ações. Com isso, o fator principal para esse tipo de aplicação é a variação dos preços. Esses Fundos são uma ótima maneira de ter rendimento de renda variável na carteira, sem precisar de muito tempo do seu dia a dia com o que acontece no mercado financeiro e sem precisar ter um alto conhecimento técnico para avaliar as empresas que quer investir.

 

Esse tipo de Fundo de Investimento deve contar, pelo menos, 67% do seu Patrimônio Líquido em ações negociadas no mercado à vista de bolsa de valores.

Esses Fundos podem ser ativos ou passivos: Caso sejam ativos, eles tentam superar um índice de referência ou um benchmark. Nesse caso, o gestor do Fundo vai escolher estratégias um pouco mais agressivas, resultando em um risco um maior para a carteira de investimentos do Fundo. Se o Fundo for passivo, eles vão procurar estratégias que acompanhem o índice de referência ou o benchmark. Um exemplo desse tipo de escolha, seriam Fundos de Investimento em ações que acompanham o índice mais famoso do mercado, o Ibovespa.

*É comum ser cobrada a taxa de performance nesse tipo de Fundo de Investimento, principalmente os que são ativos.

 

Estratégia de alocação de recursos em Fundos de Ações

 

 

Como escolher o Fundos de Investimento em Ações de acordo com o meu perfil?

Como é um mercado que exige bastante conhecimento para atuar de maneira eficiente, vale destacar que é necessário algumas cautelas na hora de escolher o Fundo:

  • Grau de Risco: É preciso acompanhar a volatilidade que o Fundo pode ter, o tamanho da exposição à riscos muito elevados e saber se é um Fundo ativo ou passivo.
  • Histórico de rentabilidade: Seu rendimento se determina pela variação de um certo índice mais a taxa de juros pelo período. Essa variação é o que implica na remuneração ser determinada no final da aplicação.
  • Patrimônio e número de cotistas: Com esses dois dados, consegue-se saber se o capital do Fundo está diluído em diversos investidores e se realmente conta com um número alto de investidores diferentes para dividir o risco com você.

Nós sugerimos para aqueles que não possuem um pleno conhecimento sobre esse assunto, entrar em contato conosco. Tire as suas dúvidas e receba uma assessoria de investimento que te ajude a trazer maiores rentabilidades para o seu perfil de investidor.

 

E por fim, por quê investir em um Fundo de Investimento de Ações?

O mercado de ações, em si, não reflete a economia real do país, mas sim as expectativas. Uma notícia positiva com relação à política, por exemplo, pode contribuir para melhorar as expectativas, que faz com que os preços dos papéis subam.

Em 2016, por exemplo, o mercado brasileiro de ações subiu mais do que qualquer outro investimento. Isso chamou bastante atenção dos investidores que procuram melhorar seus ganhos, principalmente porque a taxa de juros caiu e o rendimento dos investimentos em renda fixa, também.

Mesmo que seja muito difícil prever o comportamento da bolsa, é possível afirmar que esta modalidade é mais indicada para objetivos de investimento a longo prazo e para investidores que suportam uma maior exposição a riscos, em troca de uma expectativa de rentabilidade mais elevada.

Compartilhe isso: